Fazenda TRÊS Barras Castanhal.

Solos vulcânicos dos Contrafortes da Mantiqueira.

A BORRIELLO

O Azeite Borriello é produzido na Fazenda Três Barras Castanhal, nome de origem do plantio de castanhas Europeias, realizado no ano de 1995. A Fazenda localizada na cidade de Andradas, divisa de Minas Gerais e São Paulo é um dos 20 municípios de elevada altitude nos Contrafortes da Mantiqueira. Com área total de 203 hectares, é ocupada com plantio de oliveiras, eucaliptos, castanheiras e gado, além da área de preservação ambiental. Sua história com as Oliveiras iniciou-se em 2008 com a plantação de 450 mudas das variedades Arbequina, da região da Catalunha, na Espanha, e Grapollo, do centro-sul da Itália, fornecidas pela EPAMIG de Maria Fé. Vinho e azeite andam de mãos dadas pelo mundo e aqui não é diferente. O local é conhecido como a capital do vinho do sul de Minas. A vocação gastronômica da cidade está por todos os cantos: é fácil se deparar com os produtos artesanais preparados por quituteiras mineiras - Bolachas, sequilhos, pães de queijo, queijo fresco e, é claro, doce de leite, são as delicias do local.

CARLA E MARIO BORRIELLO. PAIXÃO PELA GASTRONOMIA.

Mario Borriello e Carla são casados há 19 anos. Como bom italiano a gastronomia faz parte da sua vida. Mantem como relíquia o caderno de receitas preciosas de sua saudosa mãe e, como engenheiro pesquisador incessante, descobriu a oportunidade do cultivo de oliveiras. Carla ingressou no mundo corporativo e foi trabalhar no mercado financeiro. Aos poucos a paixão pela gastronomia foi tomando conta de Carla Retuci, que ao mesmo tempo, se encantou com as oliveiras da Fazenda Três Barras Castanhal.

Não demorou para trocar o mercado financeiro pelo mundo do azeite! As primeiras safras foram voltadas aos amigos e família. A boa recepção e os testes comprovando a altíssima qualidade como azeite Extra Virgem, foi o incentivo para expandir os olivais e instalar um lagar próprio, com centrífuga italiana de alta tecnologia. Atualmente, produzem azeite com a suave variedade espanhola Arbequina e a italiana de média intensidade Grappolo. Planejam novidades para os próximos anos, recentemente, plantaram cultivares da famosa Frantoio, italiana, da espanhola Arbosana e da grega Koroneiki.